25/10/2018

Homem sofre golpe de faca no pescoço em Artur Nogueira

Vítima teria sido agredida por ex-companheiro da amásia devido a motivação passional

Da redação

Um homem foi vítima de esfaqueamento em Artur Nogueira na madrugada desta quinta-feira (25). A motivação do delito teria ocorrido por questões passionais. O autor seria o ex-companheiro da atual amásia da vítima.

O registro do Boletim de Ocorrência (B.O.) a respeito do fato pontua que a vítima, de 33 anos, é residente no bairro Nosso Lar. Por volta da meia noite e meia o munícipe chegava em casa vindo do trabalho. No local ele foi abordado pelo acusado, ex-companheiro da amásia dele.

Houve uma discussão e luta corporal entre as partes, então o denunciante sofreu um golpe de faca no pescoço desferido pelo autor. Após a agressão, o acusado se evadiu do local. A vítima, que sofreu um corte superficial na região atingida, foi levada ao Pronto-socorro do Hospital Bom Samaritano (HBS), onde recebeu atendimento e foi medicado, não correndo risco de morte.

A Polícia Civil Municipal (PCM) foi acionada e os agentes estiveram na unidade hospitalar para ouvirem o relato da vítima. Em seguida, em um patrulhamento pelo município, os agentes tiveram êxito em localizar o autor do delito, um, rapaz de 20 anos. Conforme os policiais, o acusado teria ameaçado entrar no hospital para consumar a morte do rival.

O indivíduo foi então conduzido à Delegacia de Polícia Civil do município, onde prestou depoimento e teve liberação ao término da elaboração do registro da ocorrência por lesão corporal. A vítima recebeu alta médica e passa bem. De acordo com a Delegacia, a prisão do acusado não foi efetuada pois houve a constatação de apenas lesão corporal frente ao grau do ferimento, e não a tentativa de homicídio.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.