01/11/2018

Pintor mirim de Artur Nogueira tem obras expostas em Paris e Lisboa

Aaron Barrios teve arte exposta no Carrousel du Louvre, em Paris; Próximo destino será Lisboa, Portugal

Diego Faria

O pintor e artista plástico mirim de Artur Nogueira, Aaron Barrios, teve a arte expressionista abstrata dele exposta no mês de outubro no Carrousel du Louvre, em Paris. Lisboa, em Portugal, será o próximo destino da exposição do jovem. Imerso no universo da pintura desde os três anos, o artista mirim tem, hoje, sete anos e conta com mais de 230 obras criadas por ele. O acervo retrata o olhar criativo e inusitado dele sobre o mundo ao seu redor.

A obra denominada ‘Cabeça’, de Aaron Barrios, esteve exposta na galeria do Salão Internacional de Arte Contemporânea do Carrousel du Louvre nos dias 19, 20 e 21 de outubro. O espaço está situado abaixo da famosa pirâmide de vidro do museu francês. A tela exposta foi produzida quando Aaron tinha apenas três anos. Atualmente, o pequeno já possui um acervo com 237 telas pintadas por ele.

Obra ‘Cabeça’, de Aaron Barrios, exposta no Carrousel du Louvre, em Paris 

Lysandra Mig, curadora artística e diretora executiva da instituição Vivemos Arte, é a responsável pela chagada da obra de Aaron a Paris e Lisboa. A arte deste nogueirense chamou a atenção desta especialista desde o instante em que ela teve conhecimento do trabalho dele, há cerca de dois anos.

“O trabalho do Aaron é fabuloso. Junto com ele, expôs também (Carrousel du Louvre) um artista norte americano, que tem o mesmo estilo expressionismo abstrato de Aaron. Eu fico observando a grandiosidade dos dois e, logo penso, Aaron está à frente do seu próprio tempo. Ele me faz lembrar muito o pensamento do cubista Pablo Picasso, que depois de ter passado por academias, chegou à conclusão de que precisou da sua vida inteira para desenhar como uma criança. Vejo a alma do Aaron em suas próprias telas, vejo uma energia que circula à volta das suas obras, como se ele estivesse ali, presente na exposição. Representar o Aaron é para mim um orgulho incalculável”, reflete Lysandra Mig.

A obra ‘Cabeça’, de Aaron Barrios, dividiu espaço com outras diversas obras no Carrousel du Louvre. No espaço estiveram telas de outros artistas representados por Lisandra e a instituição Vivemos Arte, entre eles, pessoas do Brasil, Estados Unidos, Inglaterra, Japão, Espanha, Ucrânia, entre outros. “Quando mergulho no mundo imaginário do Aaron, e vejo ele se expressar com tanta grandiosidade, fico fascinada e logo penso: ser artista é algo que está na alma, toda a beleza da expressão desliza através dos dedos, depois de correr pelas veias. Me certifico com toda convicção que artista nasce artista”, acrescenta Lysandra.

Dois dos artistas prediletos de Aaron é o impressionista Claude Monet e Jackson Pollock, referência no movimento do expressionismo abstrato. Toda a inspiração que o garoto encontra no mundo ao redor, ele procura retratar nas obras, produzidas sempre com muita liberdade no quintal e jardim da casa onde o jovem reside com a família em Artur Nogueira, aos olhos dos pais Rose e Aurélio.

Quando questionada sobre a sensação de ver a arte do filho participando de exposições no Brasil e, agora, em renomadas galerias do mundo, Rose Proença Barrios, mãe de Aaron, afirma que o que prevalece é a satisfação de ver o reconhecimento do público e o bem-estar do pequeno artista. “Me sinto feliz por ver que as emoções e ideias que ele expressa nas telas sejam reconhecidas como arte. Ele sabe bem o que faz e se diverte fazendo. Nas últimas exposições no Brasil, vi muitos rostos emocionados, falando que não tinham palavras para expressar o que sentiam com a arte do Aaron, isso me faz ver que ele está tocando nas emoções de crianças e adultos, compartilhando o que ele sente. Isso não tem preço”, relata Rose.

Além de Paris, a arte de Aaron também ganhará espaço em Lisboa, na 2ª edição do vernissage We Live Art, a ser realizado no próximo dia 3 de novembro no Clube Nacional de Artes Plásticas (CNAP), na capital portuguesa. No local estarão as obras de Aaron intituladas ‘Homem de Fogo’ e ‘Cabeça’. Na edição do evento haverá a presença de colecionadores de arte de todo o mundo. Em seguida, as obras ‘Borboleta’ e ‘Nota Feliz’ participarão de uma exposição no Rio de Janeiro.

Também há a expectativa para o artista mirim participar de outras exposições em Seul, na Coreia do Sul e na Argentina, nas cidades de Rosário, Mar del Plata e na capital, Buenos Aires. A previsão para a realização das exposições do artista na Argentina é para janeiro de 2019.

Para os interessados em conhecer mais sobre a arte de Aaron Barrios, é possível acessar a página oficial do artista pelo Facebook: Você, a Arte e Eu, ou também, pelo Instagram @aaronpbarrios. O trabalho da assessora de arte e diretora do Vivemos Arte, Lysandra Miguel, também pode ser conferido pelo site oficial da instituição, ou pelo Facebook.

Leia mais

Pintor mirim de Artur Nogueira terá obras expostas no Carrossel do Louvre

.…………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.